Disfunção erétil (impotência)

Disfunção erétil (impotência)

Disfunção erétil, impotência (impotência latina – impotente) – uma doença na qual o volume do pênis masculino, sua dureza e franqueza não são suficientes para a relação sexual.

O problema da disfunção erétil é extremamente comum em homens. A ausência ou insuficiente para a duração da ereção sexual é chamada impotência. Mudança freqüente de parceiros sexuais, consumo de álcool, ingestão de várias bebidas energéticas, estimulantes, estresse frequente, trabalho árduo estão diretamente relacionados à potência. Durante a excitação sexual, os corpos cavernosos do pênis recebem múltiplas (aproximadamente sete vezes) aumento do fluxo sanguíneo. Isto é controlado pelo sistema nervoso central, relaxando as paredes dos vasos sanguíneos do pênis e, assim, garantindo o máximo enchimento com o sangue recebido. O tecido esponjoso acumula volume e o pênis também “cresce”, torna-se tenso. A fim de manter uma ereção, é necessário um certo nível elevado de fluxo sanguíneo, que é fornecido pela estimulação sexual. Depois disso

Se um paciente tiver pelo menos um dos mecanismos fisiológicos descritos acima, perturbados, aparecem sintomas de impotência.

No entanto, ir ao médico com esse tipo de mal-estar para um homem é uma tarefa quase impossível. A falsa timidez muitas vezes impede que as pessoas consultem o médico a tempo de descobrir as verdadeiras causas da impotência ou da ejaculação precoce. Enquanto isso, geralmente a capacidade para uma ereção normal é restaurada em cerca de 2-4 meses de tratamento, o que é evidenciado pelos muitos anos de experiência dos especialistas da clínica de Naran.

Classificação de doença

competitividade impotência – falta de desejo sexual

ereção da impotência, disfunção erétil

impotência kuundi – incapacidade de introduzir o pênis na vagina

Erekcio Breve – Ejaculação precoce

ejaculação impotência – ejaculação retardada, até a sua ausência

anorgasmia – falta de saturação sexual e satisfação

Alocar para a mesma impotência neurótica e oligossintomática:

Quando a impotência neurótica, além de distúrbios eréteis, há também medo, insônia, labilidade vegetativa, alterações de humor, distúrbios neuróticos do sistema cardiovascular. Os homens ao mesmo tempo sentem-se incapacitados e doentes, recorrendo constantemente à ajuda de um médico.

Com a impotência oligossintomática, os homens não procuram compensar sua própria inconsistência sexual, e não estão particularmente preocupados com isso.

Razões para manifestação da impotência

Razões para manifestação da impotência

Há impotência, cerca de 20% dos casos e razões psicológicas. Tal violação é de natureza episódica diferente de problemas com ereção, início repentino, bem como a restauração da ereção normal após a eliminação de causas externas. Esse tipo de impotência costuma estar associado a qualquer estresse psicológico e desaparece após um curso de consultas com um psicoterapeuta.

Para a prevenção da disfunção erétil, o especialista aconselha uma variedade de atividade física, porque o movimento ajuda a prevenir violações do sistema cardiovascular. Além disso, vale a pena controlar a pressão arterial e os níveis de colesterol no sangue.

Por que os homens se queixam de diminuição da libido em uma idade mais precoce.

A boa saúde sexual é um dos principais fatores da auto-suficiência de um homem. Mas, infelizmente, nos últimos anos, os representantes do sexo mais forte se queixam de diminuição da libido e ereções fracas, e os médicos diagnosticam com mais frequência disfunção erétil (DE). E não só homens envelhecidos, mas também muito jovens. Por que a impotência está “ficando mais jovem” em nosso país e se tornando um problema para um número cada vez maior de ucranianos, que novos métodos para seu tratamento apareceram hoje, nossos especialistas sabem.

Cientistas descobriram o primeiro “gene da impotência” – antes que os fatores da doença incluíssem apenas problemas psicológicos e fisiológicos. A descoberta permitirá o desenvolvimento de novos medicamentos que podem ajudar homens cujo corpo não responde ao tratamento existente.

A disfunção erétil, ou impotência, é a incapacidade do homem de atingir e manter uma ereção no nível exigido para a relação sexual.

Pode ser causada tanto por problemas psicológicos (neste caso, no entanto, uma ereção persiste à noite e pela manhã), quanto fisiológica – fluxo sanguíneo insuficiente para o pênis, distúrbios hormonais, doenças nervosas, consequências de infecções sexualmente transmissíveis, etc.

Embora existam tratamentos dependendo das causas da disfunção erétil, eles não ajudam muitos homens – de acordo com os pesquisadores, o número deles chega a 50%.

A disfunção erétil

A disfunção erétil

xgrow up

O que fazer? Qual é o próximo passo?

Tendo aprendido muito mais sobre as causas de uma ereção suave ou falta de ereção, você deve ser capaz de avaliar sua própria função erétil. Se você tiver problemas de ereção ou se tiver alguns dos fatores de risco mencionados acima, pode ser útil fazer algumas mudanças no estilo de vida. Se você quiser procurar ajuda, dê ao seu médico mais informações sobre seus sintomas e entenda sua frequência e gravidade, bem como sua aparência. Com a ajuda do seu médico, você pode determinar o melhor tratamento para a função sexual.

A disfunção erétil pode ser uma condição desagradável da qual ninguém realmente quer falar, sem reconhecer que o problema não desaparecerá. Sua melhor defesa contra problemas de saúde como este é aprender tudo o que puder para resolver o problema em sua raiz.

Impotência masculina, ou disfunção erétil, é a incapacidade de produzir ou manter uma ereção forte o suficiente para um relacionamento sexual realizado. Essa disfunção erétil pode ter várias causas, físicas ou psicológicas, e pode até combinar as duas. A impotência masculina está mais freqüentemente relacionada à má circulação sanguínea devido à doença vascular que afeta as artérias do pênis. Existem vários tratamentos, a primeira das terapias consiste em atividade física regular.

Impotência, o que é isso?

Definição de impotência

Esta condição pode levar a uma perda de auto-estima nos homens, manchar sua auto-imagem e até mesmo levar a ansiedade ou depressão. A impotência pode prejudicar muito a intimidade do casal e até mesmo levar a evitar qualquer contato físico de um homem com seu parceiro. Também pode aumentar o estresse emocional. Esse estresse pode, por si só, reforçar os componentes psicogênicos da disfunção erétil. É recomendado um tratamento natural, para recuperar a saúde sexual. Para saber mais, acesse xgrow up bula.