O desejo de emagrecer

O desejo de emagrecer

Naturalmente, quando você realmente quer perder peso para alcançar algum objetivo importante, então qualquer sofrimento pode ser suportado, mesmo que apenas para alcançar o objetivo. As pessoas são capazes disso. Mas por que torturar a si mesmo se você puder com segurança e sem pressa ir com a comida errada e insalubre, para a comida correta e saudável, que lhe dará tudo o que você precisa na quantidade certa e ao mesmo tempo ajudará a perder peso? Na minha opinião, não se deve ir de um extremo a outro e quase privar-se completamente de comida, e o próprio organismo é um material de construção importante, pois isso só pode agravar a situação. Um homem interrompe uma dieta uma vez, depois um segundo, um terceiro e o que será dele? Ele não está apenas engordando de novo, mas ele também perde a fé em si mesmo, perde a fé na possibilidade de perder peso e depois cai numa profunda e longa depressão com conseqüências imprevisíveis. Não é o cenário mais feliz da vida, concorda. Portanto, devemos agir com cuidado, corrigindo gradualmente a situação. O corpo humano é o mecanismo mais sutil, e a psique humana, mesmo mais magra, não aceita trabalhos desajeitados, é necessário trabalhar com cuidado, cuidado, delicadeza, com precisão de joalheria. Portanto, não se torture com dietas duras – apenas comece a comer corretamente, encontre uma dieta que dê ao seu corpo tudo o que você precisa e, ao mesmo tempo, permita que você perca peso, a partir de um estoque absolutamente desnecessário de calorias. By the way, sobre o estoque de calorias. Vamos agora falar sobre outra razão que está forçando as pessoas a se apoiarem em comida. ele perderá a fé na possibilidade de perder peso e, em seguida, cairá numa profunda e longa depressão com conseqüências imprevisíveis. Não é o cenário mais feliz da vida, concorda. Portanto, devemos agir com cuidado, corrigindo gradualmente a situação. O corpo humano é o mecanismo mais sutil, e a psique humana, mesmo mais magra, não aceita trabalhos desajeitados, é necessário trabalhar com cuidado, cuidado, delicadeza, com precisão de joalheria.

Dieta rápida

Dieta rápida

Para encontrar uma dieta rápida emagrecimento.e perder 10 kg por uns 5-10 dias, colocando-se em um quadro rígido e limitando tudo. Esse caminho pode ser rápido, mas perigoso. Os problemas de saúde de perda de peso que substituíram a perda de peso vêm a nada. Dietas “rápidas” são eficazes, mas você precisa entrar e sair delas, tendo cuidadosamente preparado e estudado muita informação. Então, vamos voltar nossa atenção para dietas de longo prazo, reduzindo gradualmente o peso e dando resultados duradouros e duradouros. Existem muitas dietas desse tipo. As chamadas dietas nacionais são muito populares – todos conhecem as dietas inglesa, mediterrânea ou japonesa, que garantem uma dinâmica positiva. E sugerimos que você experimente as dietas canadense, chinesa ou escocesa que terão o efeito desejado e não o desapontarão.

A maneira de conseguir isso é principalmente através de um Programa de Nutrição , uma Dieta adaptada às necessidades do corpo, redução da ingestão, com o objetivo de perder gordura. Ao reduzir nossas calorias em cerca de 500 por dia, perdemos cerca de um quilo por semana. Ginástica deve treinar alguém com intensidade aumentada diariamente por cerca de 1,5 horas!

O ideal é combinar o programa de dieta com um programa de condicionamento físico. Mas se alguém nunca foi ateado, é um grande desafio ter sucesso ao mesmo tempo. Talvez o ginásio possa funcionar de forma inibitória. Com o tipo de álibi: “Eu fui ao ginásio para comer algo mais, vou queimá-lo” pode ter os efeitos opostos. Por isso, sugiro que comece por tentar fazer a sua dieta tão boa quanto possível, colocando isso como uma prioridade e uma vez que ele tenha “conquistado”, ele passa para a próxima fase do exercício. Poucos são aqueles que podem caber “2 melancias em um eixo”.

Para perder peso, tudo que você precisa é acelerar o seu metabolismo. Tal estereótipo existe entre aqueles que estabelecem um objetivo para se livrar de quilos extras. E em parte a tese é verdadeira: quanto mais ativamente o corpo processa o alimento em energia, mais fácil é que o excesso de gordura se evapore da superfície do corpo.