Capaz de obter e manter uma ereção

Capaz de obter e manter uma ereção

Ser capaz de obter e manter uma ereção depende de vários fatores.

Condições psicológicas mencionadas acima.

impulsos nervosos.

O hormônio sexual masculino, a testosterona, é necessário para o desejo sexual.

O fluxo sanguíneo no pênis também deve estar intacto, para que possa haver um acúmulo de sangue nos corpos inchados do pênis .

Defeitos nesses sistemas reduzem o potencial. Além disso, vários medicamentos, particularmente medicamentos para transtornos psiquiátricos graves, podem ter um efeito adverso sobre o desejo sexual e a capacidade de ereção.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito após o exame e as chamadas. Como mencionado, são os fatores psicológicos que são a causa mais comum de disfunção erétil. O médico também recebe várias amostras de sangue, mas o benefício disso é limitado.

Fatores que sugerem causas mentais:

Início súbito do problema.

Ereção de curto prazo.

Boa qualidade ou melhor experiência em ereção espontânea, ereção auto-estimulada ou ereção matinal.

Gatilho muito cedo ou ausente.

Problemas ou mudanças no relacionamento com o parceiro.

Eventos importantes da vida ou problemas psicológicos.

Fatores que indicam causa corporal:

Início gradual do problema.

Falta de ereções noturnas.

Liberação normal.

Impulso sexual normal.

Doenças físicas como diabetes, doença neurológica ou doença cardiovascular.

Cirurgia, radiação ou lesões na área genital.

Medicação.

Fumar, alto consumo de álcool, uso de preparações de doping.

Em casos excepcionais, pode ser apropriado fazer um teste de injeção intracavernosa em um especialista. O estudo significa que um vasodilatador é injetado nos corpos inchaço do pênis. Isso normalmente faz com que o suprimento de sangue na área aumente para que ocorra a ereção. Se bem sucedido, isso também pode ser um tratamento possível.

Existem várias coisas que você pode fazer para melhorar a situação.

Reduzir o consumo de tabaco e álcool pode ter um efeito importante.

As pessoas com excesso de peso e com disfunção erétil podem ter um efeito de perda de peso e aumento da atividade física.

Muitos podem se beneficiar de informações sobre a condição.

A chamada terapêutica, possivelmente em conjunto com o parceiro, pode ser boa por razões psicológicas.

Razões para manifestação da impotência

Razões para manifestação da impotência

Há impotência, cerca de 20% dos casos e razões psicológicas. Tal violação é de natureza episódica diferente de problemas com ereção, início repentino, bem como a restauração da ereção normal após a eliminação de causas externas. Esse tipo de impotência costuma estar associado a qualquer estresse psicológico e desaparece após um curso de consultas com um psicoterapeuta.

Para a prevenção da disfunção erétil, o especialista aconselha uma variedade de atividade física, porque o movimento ajuda a prevenir violações do sistema cardiovascular. Além disso, vale a pena controlar a pressão arterial e os níveis de colesterol no sangue.

Por que os homens se queixam de diminuição da libido em uma idade mais precoce.

A boa saúde sexual é um dos principais fatores da auto-suficiência de um homem. Mas, infelizmente, nos últimos anos, os representantes do sexo mais forte se queixam de diminuição da libido e ereções fracas, e os médicos diagnosticam com mais frequência disfunção erétil (DE). E não só homens envelhecidos, mas também muito jovens. Por que a impotência está “ficando mais jovem” em nosso país e se tornando um problema para um número cada vez maior de ucranianos, que novos métodos para seu tratamento apareceram hoje, nossos especialistas sabem.

Cientistas descobriram o primeiro “gene da impotência” – antes que os fatores da doença incluíssem apenas problemas psicológicos e fisiológicos. A descoberta permitirá o desenvolvimento de novos medicamentos que podem ajudar homens cujo corpo não responde ao tratamento existente.

A disfunção erétil, ou impotência, é a incapacidade do homem de atingir e manter uma ereção no nível exigido para a relação sexual.

Pode ser causada tanto por problemas psicológicos (neste caso, no entanto, uma ereção persiste à noite e pela manhã), quanto fisiológica – fluxo sanguíneo insuficiente para o pênis, distúrbios hormonais, doenças nervosas, consequências de infecções sexualmente transmissíveis, etc.

Embora existam tratamentos dependendo das causas da disfunção erétil, eles não ajudam muitos homens – de acordo com os pesquisadores, o número deles chega a 50%.